Ameaços...


   Não gosto de ameaças...prefiro promessas...são essas que nos despertam, que nos fazem sonhar...Mas gosto de ameaços, neste masculino pluralizado, que faz o corpo aguardar...que ensina o corpo o valor da espera, e sobretudo aprende-se a saborear o que ainda está por vir, antes mesmo de chegar...
      É no vai, não vai...no está quase a ser...mas ainda não é, que o sangue ferve...é na ânsia do ter que ainda não se tem, que a vontade atinge o seu rubor... 
Faço-me tanto no antes...como me faço no durante e no depois...

*** @rt ***

8 comentários:

  1. De ameaças estamos nós fartos é ou não é Imperatriz?
    que agora seja tempo de ameaços desses bons.
    beijito Imperatriz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim tens toda a razão.
      Venham os bons ameaços que esses fazem bem :-)

      beijo

      Eliminar
  2. Adoro esses ameaços...agora ameaças...dispensam-se.
    Beijo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas dispensasse completamente.
      Agora os outros minha amiga...QUERO...PRECISO.

      beijo grande

      Eliminar
  3. delicioso..."faço-me tanto no antes..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mada,
      tens bom gosto é o que te posso dizer!
      Continua que isto é coisa para dar continuidade e não falhar :-)

      Beijo

      Eliminar
  4. confesso que, normalmente, odeio o chove-não-molha. mas neste caso, haja ameaços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso do chove não molha é outra coisa,António.
      Aqui vai molhar, digamos que estás só a mostrar a mangueira :-)
      antes de abrir a torneira :-)

      Eliminar

Partilha-te...