Á passagem do tempo...


Onde está o teu nome nas páginas da minha vida?Onde estão as letras com que te escrevi na minha alma? Hoje desfolho este velho livro em busca da felicidade que me prometeste, mas as palavras sumidas mostram-me a tua ausência. À medida que as páginas passam , vem-me o cheiro da saudade, esta saudade de tudo  o que prometemos ser um para o outro e não fomos. Vem-me o aroma do amor que fizemos tantas vezes sem nos tocarmos. Sabes é esse amor que mais falta me faz, aquele que não chegamos a fazer, mas que foi vivido no nosso olhar, cada vez que mergulhamos na alma um do outro.

*** @rt *** 


12 comentários:

  1. Volta lá a ler.
    Acho que estás enganado digo eu de que.

    beijito

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está. Anda ou sempre andou a escrever-se em outras histórias, eu é que desconhecia essa habilidade.
      Beijo

      Eliminar
    2. Vocês mulheres por vezes exageram.
      Os gajos não são todos iguais.
      Será que é mesmo assim como dizes?

      beijito

      Eliminar
    3. Já cá me faltava, nos somos exageradas e vocês são uns santos do pau oco.
      Mas uma coisa tens razão todos iguais não são, uns são piores que outros,são requintados.

      Eliminar
    4. Calma @rt.
      Já cá não está quem falou.

      beijito

      Eliminar
    5. Estou calma, embora não seja essa uma virtude minha.
      Falar do que não se sabe é sempre fácil, é compreensível.
      Beijo

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Isso ficou, mesmo podendo tudo ter sido uma valente ilusão.
      beijos amigo

      Eliminar
  3. o filho da puta passa, não é? o tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas havia alguma dúvida que falavas do tempo ;-)?
      Sim ele passa sim...tudo passa até ele, o tempo lá está.

      Eliminar
  4. Ártemis,
    Belo texto.
    Revejo-me em cada palavra tua. Com o tempo passa...

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Partilha-te...