Viver do passado...


Viver do passado...é lembrá-lo é desejá-lo...é ir buscá-lo lá atrás do tempo, traze-lo para perto, quando tudo o resto já está longe...Viver do passado é recordar dias que nos marcaram e que provavelmente ficarão para sempre, quando tudo o resto se afasta...
Hoje podia falar do hoje...mas prefiro desfolhar o calendário, e pará-lo onde o tempo parou...por momentos...onde cada toque foi o desfecho da espera...onde bocas se calaram para o amor acontecer...
Nostalgia? Não...saudades? talvez...ou quem sabe dificuldade em viver o presente, quem sabe até espere  que de tanto lembrar, me esqueça...quem sabe...
Talvez me apeteça enganar-me...mais um pouco, um pouco mais...mas a verdade é que hoje Eu escolhi apesar de tudo lembrar-Te...lembrar-Nos no nosso melhor...AQUI. 

*** @rt ***

15 comentários:

  1. Apesar de tudo eu escolhi partilhar-mo-nos desde as 8H02 da manhã...

    Beiju (apesar de tudo)

    ResponderEliminar
  2. É um engano. E até o desengano vir....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. David, pode ser ou pode até nem ser...quem sabe possa ser uma forma de ficar bem com o presente. Nada na vida é concreto, taxativo...a vida é a vida.

      Eliminar
  3. fazer do passado um pouquinho do presente

    ResponderEliminar
  4. Lembrar,recordar, é algo que nunca devemos deixa que se perca,afinal são as nossas memórias que nos ajudam a viver e a sorrir,mesmo quando nos apertam o peito de saudade.
    Por isso também sei que não és mulher para "viver do passado",e sim viver e fazer do presente um lindo passado.

    Beijos amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Wolf,
      lindo é o que acabaste aqui de deixar...são esperança em forma de palavras, meu amigo.
      beijo

      Eliminar
  5. Lembrar o passado por vezes faz nos detestar o presente, tudo muda...

    Bjão
    Casaert

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Casaert,
      também é verdade o que dizes...pode fazer-nos por vezes sentir amargurados.

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Certamente...tudo depende do que se busca...

      Eliminar
  7. Este texto diz-me muito mas não será também um bocadinho de masoquismo? No caso de não se poder ter quem já se teve...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Recordar, o que foi bom, ou o que pensamos ter sido bom, não é masoquismo, é apenas lembrar, nada mais do que isso.
      As recordações é tudo o que fica quando tudo o resto se vai...

      Eliminar

Partilha-te...