As nossas mãos...



Mãos,
pedaços de carne,
dedos, canetas que escrevem o momento,
para ficar pro futuro, para lembrar o passado...
As tuas mãos,
tão minhas quando me tocam,
tão nossas quando me abandonam,
as tuas mãos... desgraça a minha,
perdição tua...que de amor falam, que prazer calam...
Mãos, as tuas...as minhas...que enlaçadas são nós que Deus desistiu de soltar...

*** @rt *** 

4 comentários:

  1. Com elas ...com as minhas mãos...te palmilho...e com elas colho em TI...o meu alimento... :))))
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Darkness,
    sempre com a tua veia poética a lançar charme hem!!!
    beijos

    ResponderEliminar
  3. inquietantes palavras...que nos enlaçam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mada, obrigada pela parte do inquietante :-)))

      Eliminar

Partilha-te...