Só recordar o que foi bom...



Afinal o dia nasceu, independentemente de tudo, mais forte que tudo, até do meu desalento...mas sem ti na minha vida, mas mesmo assim o dia chegou... impiedoso, sem generosidade alguma e encontrou-me como o faz todos os dias, mas agora sem ti...a noite trouxe-me recordações...traz-me sempre, porque o sono poucas vezes me visita e é no silêncio das palavras e na inercia da vida que mais me encontro comigo e com os outros. Foi inevitável lembrar-te, até porque a magoa do adeus ainda está muito presente, embora ache que já nos despedimos faz tempo...num adeus demorado...
Hoje quero apenas recordar o que foi bom, quero esquecer com dignidade, porque acho que o merecemos os dois, pelo que vivemos, pelo que sentimos...

*** @rt ***

2 comentários:

Partilha-te...