A procura...



A procura pela tua boca,
é coisa que não me canso,
tomara eu, para meu bem,
dela não receber descanso...
Vou ao seu encontro,
como mendigo buscando guarida,
ai por essa boca tua,
ando eu embebecida...
Quero andar na tua boca,
como palavras soltas ao vento,
essa tua boca Amor,
é do meu corpo uma acrescento...

                                                         ***@rt ***

6 comentários:

  1. Hummm abocanho...sorvo...sugo...encho por completo com esses gomos fartos carnudos... a minha boca faminta por se saciar...
    Espero no meu blog....
    Beijos-te...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Candy,
      é assim quando se gosta verdadeiramente de uma mulher...
      lá estarei...
      beijo

      Eliminar
  2. Um dos momentos que mais adoro,saciar a minha sede,os sabores do corpo que se deseja,o prazer que se sente e dá,maravilhoso sem duvida,e o poema que enche a imagem de energia e tesão.

    Beijos amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A poesia tem este poder de preencher e encher vazios :-)
      dai a minha ligação com ela...
      beijo amigo

      Eliminar

Partilha-te...