Mascara...


Quero usá-la para ti,
não porque quero ser outra,
mas sim porque quero ser a mesma...
a mesma que te quer,
a mesma que te deseja,
a mesma que te espera...
quero ser eu, sempre eu, em todas as tuas fantasias, em todos os teus sonhos,
sempre eu na tua realidade.

*** @rt ***

16 comentários:

  1. Como diz um samba no Brasil: Máscara é aquilo que a gente tira no Carnaval!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada Vanda, sempre generosa comigo :-)
      beijo

      Eliminar
  3. Respostas
    1. A vida é um perigo, e perigoso é vive-la :-)

      Eliminar
    2. Clarice Lispector escreveu..."O que estraga a felicidade é o medo" :p

      Eliminar
    3. Bom na minha opinião nem sempre o que estraga a felicidade é o medo, em certos casos é o oposto. Depende é das pessoas, depende das situações...nada na vida é assim tão linear.
      Teriamos horas e horas pela frente passadas a especular esta frase, e mesmo assim nunca chegaríamos a uma conclusão.
      O medo é visto por muitos e muitas vezes como uma coisa má, mas nem sempre o é! O medo torna-nos mais atentos, mais cautelosos, mas minuciosos...a presença ou a ausência dele faz toda a diferença de um ser humano para outro.
      Associá-lo à felicidade é pura ousadia, mas essa grande senhora pode1

      Eliminar
    4. tudo o que merece atenção são horas e horas ;-)
      um dia alguém me disse que o que sentia não era medo, somente receio...desde esse dia que os comecei a distinguir :p
      quanto à linearidade da vida...ainda bem que são imensas as linhas tortas onde ela se escreve ^.~

      Eliminar
  4. És simplesmente fantástica...

    Um beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Jorge e tu és um galanteador de primeira apanha!:-)))))
      mas inofensivo claro, porque és espontâneo!
      beijo

      Eliminar
  5. Por falar em galanteador, agora tenho que ir ali, a umas gajas com tusa, pôr a "escrita em dia"...

    :))

    Uma adendazita:
    Obrigado por me conheceres tão bem...

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  6. Meu caro Jorge és transparente como água!
    Mas agora deixaste-me preocupada disseste gajas?plural?não terás inflacionado a coisa?! tu vê lá com tanta escrita para por em dia, não te vá faltar a tinta para escrever tanto.

    beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Árt! Do alto dos meus 44 anos, tenho que falar mais no singular e menos no plural. É que a idade não perdoa...e a tusa também não!

      Beijo e uma excelente noite de descanso...ou não.

      :))



      Eliminar
    2. Não se trata disso, de ter tusa ou não para se falar no plural, o que eu acho é que acima de qualquer quantidade está certamente a qualidade, mas isto sou eu que penso assim, e vale o que vale, cada um sabe de si e do que procura ou pretende para a sua realização sexual. Tudo é válido meu amigo!
      beijo

      Eliminar
  7. Bela e excitante imagem. A imaginação, a partir dela leva-nos a prazeres sem fim.
    Lucas

    ResponderEliminar

Partilha-te...