Agiganto-me...


Existe todo um lado selvagem,
todo um lado animal,
que me faz saltar no teu colo pregada a ti,
movendo-me...movendo-te ao ritmo do meu desespero...
Gosto de agigantar-me sobre o teu corpo,
cobrindo-te...sufocando-te com a minha imagem,
de mulher à beira dos abismos da pele...
Soco-te com o meu corpo,
prendendo-o entre as minhas pernas,
que sem freio galopam para me encontram contigo mais além,
sem sairmos do mesmo lugar...

*** @rt ***

10 comentários:

  1. Sim, é tuda uma viagem sem saír do mesmo lugar. Gostei.

    ResponderEliminar
  2. sairão do mesmo lugar, sem dúvida...para outro universalmente mais emocional e sensual, senão erótico

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sai-se sempre ou espera-se sair para outro nível sensorial :-)

      Eliminar
  3. adoro os verbos que usas: socar com o corpo é delicioso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António, a nossa língua é fantástica, tem todo um conjunto de palavras que nos permite usar e abusar delas!

      Eliminar
  4. Ao que chamamo-mos "primitivo" é a firma mais pura de série quem somos sem filtros,e quando acontece entre duas pessoas na situação que descreves so pode,e é,sublime e intenso.

    Beijos amiga

    ResponderEliminar
  5. Hummmm..esse lado animal...e o som..delicioso que surge quando o corpo soca com violencia...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sejamos sempre um pouco animalescos nessa busca pelo prazer dos corpos e das almas!

      Eliminar

Partilha-te...