Depen(durar)...




Quero dependura-me em ti,
como quem se pendura num parapeito,
para vislumbrar a vista que chega,
do ocaso de um dia perfeito...
Quero subir em ti,
emaranhar pelo teu bom senso,
desenhar-me no corpo,
escrever-te o amor por extenso...

*** @rt ***

5 comentários:

  1. Dependure-se em mim e no meu peito!
    Faça me teu, do teu jeito...
    Ofereço meu corpo e minha alma..
    E depois do amor, minha calma!

    ResponderEliminar
  2. PDR,
    tiro-lhe o chaepéu...muito bonito!
    obrigada por ter partilhado o seu lado peotico.

    ResponderEliminar
  3. Há essa adrenalina que nos invade sempre que nos penduramos num parapeito para poder ver o que tanto acreditamos estar fora da vista,vale sempre o risco :)

    Beijos e bom fim de semana amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Valer vale...tudo vale a pena se a alma não é pequena como diz o outro, a verdade também é que pudemos debruçar-nos tanto que batemos com os cornos no chão :-)))))) mas até nisso já vejo vantagens!

      beijocas worf, feliz fim de semana para ti

      Eliminar

Partilha-te...