Olhar vazio...



Sabes quando podias pertencer a qualquer lado, mas que não pertences a lado nenhum?
que concluis que tanto fizeste, mas que afinal nada foi feito...que deste o melhor de ti,mas que o teu melhor só te levou ao pior...
Sabes quando andamos, andamos e não conseguimos verdadeiramente caminhar?que a vida se torna um circulo, em que o jogo por mais que o jogues de forma honesta está sempre viciado e perdes a cada cartada que dás...sabes?
A luz foge de mim...embora corra atrás dela desesperadamente, mas a cada passo é um tropeço, e assim vou pela vida magoando os joelhos e a lambe los para os tentar sarar a todo o custo...mas nenhuma plástica , nenhuma maquilhagem alguma vez disfarçará as cicatrizes que trago comigo.
São marcas de guerra...da minha guerra...desta guerra só minha...que travo, acho mesmo desde que nasci...
Peco pela teimosia...peco por acreditar...peco quando acho que toda a gente é como eu...mesmo tendo plena consciência, porque já vivi um bom tanto, que não o são...que cada um é igual a si mesmo...e que é ai que reside o encanto da vida, mesmo que isso nos possa trazer desilusões...
E tenho desiludido tanto...e tanto me tem desiludido que hoje só a solidão me serviria na perfeição, só ela me cairia bem quer no corpo quer na alma...
Desejo o silêncio às vozes...prefiro a ausência à presença...se pudesse ausentaria-me, deixava-me...esquecia-me...só para não sofrer...
Se eu pudesse perderia a memória só para não lembrar...porque lembrar doi-me todos os passados, todos os presentes da minha vida...


*** @rt ***


2 comentários:

  1. Ártemis a memória é fodida!

    fica bem

    ResponderEliminar
  2. Estados de alma...que nos fazem pensar...mas também acreditar...acreditar que pecar é humano e saudável...pecar, nem que seja pela teimosia e sempre pelo acreditar...no encanto da vida, que é acreditar no que somos e queremos.
    ^.~ acreditar que tudo podemos...

    ResponderEliminar

Partilha-te...