Tudo o que basta...



Nem sempre são os grandes gestos, os grandes manifestos que exprimem os maiores sentires, por vezes é na simplicidade, na modéstia que reside o verdadeiro querer...o verdadeiro amor...
Tudo o que basta é uma mão que procura a outra...para lhe dizer no silêncio de uma dor qualquer:

"deixa-me ir contigo...seja para onde for...mesmo que seja para dentro da tua dor..."

o que falta ao amor por vezes é solidariedade...

***@rt***

4 comentários:

  1. Aqui está um post bonito, é este tipo de mensagem que falta no mundo de quem envia e lê mensagens. Aquilo que se transmite é aquilo que se aprende, aquilo que se aprende é aquilo que forma.

    Há muita putaria, mas Amor de verdade...esse é raro, porque há demasiada putaria. No final, da putaria chega-se ao vazio. Do Amor chega-se a todo o lado.

    ResponderEliminar
  2. Na minha vida sempre dei uma enorme importância aos pequenos gestos,e nunca me deixei levar por grandes manifestações sejam elas de quem tipo forem,e tenho essa atitude,e nos meus pequenos gestos que manifesto todo o meu amor,basta estar atento.
    Este tocou-me pela simplicidade como esta escrito.

    Beijos grandes

    ResponderEliminar
  3. Continuo a dizer que é na simplicidade onde se encontra tudo aquilo que mais precisamos e desejamos, seja amor ou outra coisa qualquer. :)
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar

Partilha-te...