O prazer da leitura...


Funguei as palavras,
lambias tantas vezes,
não por serem doces, mas porque me levavam a ti, encontrei-te nelas e através delas te despi na minha mente, enquanto o meu corpo reagia ao descarrilar dos meus olhos entre as linhas, que ousavam perturba-me com a tua lembrança.
Virei páginas, assim como te virei a ti na minha pele vezes sem conta...
Foi no prazer alheio que revi o nosso...foi nos gemidos e sustenidos de outras bocas que saboreai as nossas, como se nos tivesse ali deitados na lombada de cada livro que devorei...
Foste sempre tu...fui sempre eu...na imaginação de outro alguém, houve momentos que julguei que todas aquelas enciclopédias do prazer, não era mais que a nossa biografia...


*** @rt *** 

1 comentário:

  1. Leituras assim são deliciosas.
    Tenha um lindo domingo e uma semana repleta de boas surpresas.

    Beijos

    http://odiariodaescrava.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Partilha-te...