Quero te crucificar...


nas cruzes do meu corpo,
não sei se será pecado,
mas que importa?!!
estarás cá para me absolver,
com as tuas mãos quentes,
com o teu corpo em brasa,
com as demandas do teu desejo...

*** @rt ***

1 comentário:

  1. muitas vezes assim sentimos-nos...crucificados. Geramos e alimentamos pensamentos castradores dos sentidos e vontades, why? Talvez nunca o venhamos a saber..."mas que importa?!!".
    Sempre igual @rt

    ResponderEliminar

Partilha-te...