Sopro de vida...


Por vezes um beijo, apenas e só um único beijo me sabe a vida...é em beijos inocentes,  daqueles que vêm do nada sem intenção alguma para além do gesto em si, que a vida me vem soprada...e o que eu gosto quando ela chega, com intuito de ficar em mim através da tua boca...
São coisas pequenas, que trazem um mundo todo dentro...um mundo de desejos que se ocupam da pele e a tornam vulnerável ao amor...
Por isso, chega-te a mim...vindo do nada...para que possamos ter tudo...devagar, como uma brisa...e beija-me no alto de mim, quando o meu olhar não te consiga alcançar, mas que a alma essa, seja a primeira a reconhecer-te...bem como o meu coração...

                                                                 *** @rt***

4 comentários:

  1. Hummmm maravilhoso texto Amei

    Bjokitas doces

    Espero por si

    http://anseiosedevaneiossexuais.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Beijos no pescoço é muito bom :)

    ResponderEliminar
  3. "...ter tudo..." e "...devagar..." deliciosos momentos de plena liberdade e sentidos

    ResponderEliminar

Partilha-te...