A escalada para o céu...


       Todos sabem que poucas são as vezes que uso este blog para falar de politica ou religião, a não ser que lhe misture um pouco de humor, porque francamente o que gosto de colocar nas linhas que aqui deixo é o que me vai na alma ou no corpo. Porem depois de ontem e do que me obriguei a ver, não consigo não falar disso aqui, porque sinceramente me causou náuseas. Estive a assistir à reportagem sobre as testemunhas de Jeová. Devo adiantar que respeito as opções de cada um, seja de que natureza for, porem existem coisas que nunca me encaixarão na cabeça por mais que faça um esforço, tais como as obsessões cegas que põem em causa a vida e a felicidade.
      Acredito que nenhuma dessas criaturas me visite, porque aqui fala-se de fodas, de mamas, de mamadas, de sexo anal e o que mais o sexo comportar, porque por estas bandas o conceito de moral é outro, vem da alma, vem do respeito de quem me lê e para quem escrevo. Aqui soltam-se palavras que vem do amor a dois, da cumplicidade dos corpos, que se entregam sem reservas que querem saborear um do outro o prazer de estarem juntos. Aqui o Deus maior é o amor e esse meus amigos entende tudo, não usa capas, não usa mascaras para fingir o que não é.
     O que mais nojo me dá, são estas comunidades acharem que estão acima de tudo e de todos, até da justiça, mas que compadrio é este, que usufrui da sociedade mas quer estar imune dela.?!

Espero bem que nos próximos tempos, não seja abordada por um pregador deste conclave, porque se até agora tenho sido polida no despacho, tenho a sensação que daqui por diante sabendo eu dos meados da coisa, sou bem capaz de os mandar para o caralho.
 Se isto é ser-se religioso, me desculpem os crentes de jeová e do raio que os parta a todos, que eu prefiro assim sendo fazer um pacto com o Diabo.
*** @rtemis ***

10 comentários:

  1. as testemunhas de Jeová ainda não devem ter percebido que Deus é para fazer bem e não para fazer mal...são fanáticos como outros doidos quaisquer.

    ResponderEliminar
  2. Boa noite
    Ouvi precisamente a mesma coisa e fiquei totalmente decepcionada com aquilo ou seja, aquele religião, também respeito todas, mas depois do que ouvi.. E, os as coisas que eram pecado, no sexo, fiquei com" Raiva" daquela gente... Nunca fui de aparar o jogo a ninguém, quando me batem à porta.. Agora pior
    Não gostei dos testemunhos,, ou seja, causou-me nervos. pena de quem cai naquela cilada!

    Beijoss
    Visite-nos-http://anseiosedevaneiossexuais.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Pato com diabo?
    Isso é alguma receita nova? :D

    Beijos

    ResponderEliminar
  4. A mim o que me choca é a pobreza de espírito das pessoas que se deixam dominar pelas religiões! Respeito todas, assim como respeito raças, cores gostos e por aí fora...mas, quando me dizem (como já o fizeram) que não podem fazer uma coisa tão simples como isto: ler o resumo de um signo na pagina de um jornal porque a religião não permite, ultrapassa a minha compreensão!!! Mas há piores que as testemunhas de jeovás, basta olhar para o islão...

    ResponderEliminar
  5. Como penso e escreveria exactamente o mesmo,não acrescento mais nada a não ser que assino por baixo.Detesto Ditaduras,sejam elas quais forem,mas ainda mais as mentes estúpidas que se deixam manipular e levar como carneiros sem cérebro,(olha afinal ainda escrevi mais alguma coisa,hehehehe)

    beijo grande amiga

    ResponderEliminar
  6. Minha amiga... aqui no Brasil os Testemunhas de Jeová são conhecidos como TRISTEMUNHAS de Jeová...Observem como eles são tristes..... o Deus deles é só para fazer o mal.... castigar, punir... não acreditam em nada... e acha que só eles vão para o céu....

    ResponderEliminar
  7. Também vi esse programa. Meteu-me nojo, confesso.
    Tristeza, quiçá ambiente tarado.
    .
    Deixo cumprimentos.

    ResponderEliminar
  8. Compartilho de sua opinião.
    Deus é generoso e acolhedor; essas pessoas querem excluir pq precisam se sentir os escolhidos mas têm o coração duro e são piores que nós.
    Bjs

    ResponderEliminar
  9. Não vi a reportagem, mas conheço muitos dos princípios dessa "religião", só o simples facto de uns pais preferirem ver um filho morto a permitir que receba uma transfusão de sangue diz muito sobre o fanatismo e estupidez dos seus cegos seguidores... mas como já acima disseram, há mais religiões fanáticas e que eu acredito que não passam de meia dúzia de "iluminados" que se aproveitam da ingenuidade do próximo para semear o ódio e a raiva de não conseguirem lidar com as suas próprias frustações!

    ResponderEliminar

Partilha-te...