Guarda-me se puderes...




Guarda-me se puderes,
guarda-me se conseguires,
mas guarda-me...nem que seja no bolso de trás do teu coração...
para um dia...me recordares...nos recordares...e quem sabe nesse instante, a boca te saiba a saudade...a mesma que saboreaste tantas vezes na minha...pela falta que senti dos teus beijos...
Guarda-me como se guarda a felicidade no peito...como se guarda a vida dentro de nós...como se guarda a esperança...guarda-me apenas...porque quero existir nem que seja na tua recordação...e  voltar para ti cada vez que me lembrares...

*** @rtemis ***

1 comentário:

  1. Já se tornou um BOM habito,um excelente poema carregado de saudade,que fica preso nas minhas lembranças.

    beijo amiga

    ResponderEliminar

Partilha-te...