Sabes-me bem...

Sabes-me bem,
sabes-me tão bem,
não sei se é desse teu gosto,
que chega à minha boca descomposto,
e me faz saboreá-lo com gosto,
matando a fome de ti...

Sabes-me bem,
sabes-me tão bem,
não sei se é da tua pele,
que mergulhada no meu fel,
se transforma ela em mel,
e desassossega tudo em mim...

Sabes-me bem,
oh sabes-me tão bem,
não consigo eu dizer,
se é mais teu que meu este prazer,
e que me faz enlouquecer,
e precisar afogar-me de ti...

Sabes-me bem,
humm sabes-me tão bem,
talvez seja dessa carne tua,
que entre os meus lábios fica nua,
numa ânsia que continua,
a não querer conhecer-lhe o fim...

Sabes-me bem,
ai sabes-me tão bem,
quando te deslizo lentamente,
por entre a minha boca ardente,
que saliva deliberadamente,
dando-lhe um toque de cetim...

Sabes-me bem,
ui sabes-me tão bem,
quando galopas na língua minha,
e ela se molda, se alinha,
à vontade que é rainha,
senhora de ti e de mim...

Sabes-me bem,
como me sabes bem,
só eu sei e mais ninguém, 
o porquê de ser eu refém,
desse sabor que à minha boca vem,
mesmo não estando tu aqui...

*** Ártemis *** 

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Belezas,
      A imagem realmente é cativante...
      Ártemis

      Eliminar
  2. Sabe-me tão bem saboreá-lo, senti-lo. Essa imagem ilustra bem o poema.

    ---------------------------------------------------------
    Vê e comenta o meu blog: dianasexqueen.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Diana,
      seja bem vinda à minha praia...o melhor sabor é sem margem para duvidas o sabor de quem se deseja!
      Irei retribuir a visita com muito prazer...volte sempre, será bem vinda!
      Ártemis

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Shiver,
      o prazer tem esta capacidade única de nos hipnotizar...retem-nos!
      Ártemis

      Eliminar
  4. sabes-me bem, sempre que te lei-o

    dás vida ao texto entre cada oh, humm e ui

    Obrigado
    Ártemis
    bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opus,
      a mim sabe-me bem ler as palavras que tão gentilmente me deixas...
      entre ditongos e onomatopeias também se faz o amor...
      Obrigada por enriqueceres o teu comentário com a tua arte...
      Bom fim de semana...
      Ártemis

      Eliminar
  5. Não sei o que me fez estremecer mais o sexo...a ilustração ou o texto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tomates,
      acho que a combinação provoca a reacção... :-)
      Ártemis

      Eliminar
    2. Depende da vontade com que se enfrenta esses dias...

      Ártemis

      Eliminar
  6. A arte de bem chupar...
    Beijinhos, boa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jlynce,
      uma das artes mais antigas do mundo...e das primeiras que todos temos...pode-se dizer que vem desde o berço!
      bjos
      Ártemis

      Eliminar
  7. Nádia,
    que venha ela e que seja saciada...
    beijo
    Ártemis

    ResponderEliminar

Partilha-te...