Vamos arrefecer a coisa? ...ou talvez não...


    Num gesto mundano quero estender-te o desejo...
     Olhar-te e ver o teu desespero descontrolado... o grito preso na garganta...que contens para meu prazer...



         
                    
                    Humm o que eu gosto de ter ver sofrer...



Humm o que eu gosto de sofrer nas tuas mãos

A vingança é um prato que se serve frio...gelado eu diria...
e tu vens determinado a derrotar-me...e eu deixo...
eu quero sair vencida deste jogo viciado que me proponho jogar contigo...






Arrefece-me o corpo...
aquece-me a alma...
apropria-te do meu ser...







by: Ártemis

4 comentários:

Partilha-te...